CASA Sri Aurobindo - Núcleo para o Livre Desenvolvimento da Consciência

A CASA Cursos Publicações Yoga Integral Biblioteca
 

Início    Conceitos    Evolução    Transformação    Sadhana    RESUMOS    Leituras    Links

Sadhana Individual    Manual de Yoga    Espiritualidade    Poderes    Equanimidade    Renascimento    GRUPOS INTEGRAIS

 

GRUPOS NO YOGA INTEGRAL

David Hutchinson
http://www.webcom.com/~dhutch/spirit/groups.html

A discussão recente sobre cultos dentro da comunidade do Yoga Integral levanta um interessante cenário: podemos delinear os diferentes grupos entre nós mesmos? Uma sociologia do Yoga Integral?

Sendo um pouco insensato, irei fazer uma tentativa árdua neste sentido embora nunca tendo ido à Índia: a maior parte de minha compreensão neste assunto é de segunda mão. Para propósito de discussão eu irei dar nomes a cada grupo, o que provavelmente irá ofender a todos.

A questão não é o nome de um grupo, mas antes, se você vê a si mesmo em algum deles. Obviamente muitos caem fora de qualquer classificação simples. O propósito de tal esforço não é colocar as pessoas em compartimentos, mas antes ganhar um pouco de clareza de visão.

E nós mudamos. Em diferentes tempos de minha vida eu poderia ter caído em diferentes grupos. Novamente, isto não é para elevar um grupo sobre os outros, mas simplesmente "ver" e reconhecer nossa variedade e diferenças, o que raramente é feito neste yoga.

Ashram-itas

Esse é o grupo mais fácil de ver. Ashramitas tendem a acreditar na vida no Ashram acima de qualquer outra coisa. Viver no mundo é algo impuro, não focalizado. O único e verdadeiro yoga ocorre no Sri Aurobindo Ashram.

Trabalhadores

Estes podem ser encontrados mais provavelmente em Auroville. As buscas tradicionais de meditação, bhakti, estudo, são evitados em favor do trabalho simples. Experiência mística tende a ser vista como menos poderosa, mesmo denegrida como algo um tanto irreal. Bom e honesto trabalho – desinteressado naturalmente – é a melhor sadhana. Fora da Índia, esse caminho revela-se como trabalho para Auroville.

Voltados para Dentro

Este grupo tende em direção à meditação e experiência interior. Eles podem ou não ter encontrado A Mãe ou Sri Aurobindo, mas a maioria não encontrou. Eles são menos devocionais em relação aos mestres, e menos interessados nas comunidades físicas do Ashram e Auroville. Eles olham dentro para sua conexão, mais que à encarnação física de Sri Aurobindo e A Mãe ou aos grupos de pessoas na Índia ou em outro lugar.

Adoradores d'A Mãe

Um certo grupo, muitos dos quais tiveram contato com A Mãe, vê a devoção a Ela como todo o caminho. Tudo o mais é secundário; entrega é a virtude central, a única prática. Os textos de Sri Aurobindo tendem a ser deixados de lado, ou mesmo esquecidos. Existe mais interesse no Supramental aqui, e na transformação celular, que A Mãe, muito mais que Sri Aurobindo, trabalhou em, e falou sobre.

Adoradores da Índia

Aqueles que, embora não vivendo na Índia, adotam as vestimentas, costumes, maneira de cumprimentar, preces, termos, alimentação, rituais e literatura, na crença de que estas são mais espirituais do que aquelas de outras culturas. Esse grupo toma as escrituras da Índia em muito mais elevada consideração que a maioria das outras, e por causa de sua aderência a formas rituais, tendem a parecer mais "religiosas".

Satprem-itas

Vêem a si próprios como os únicos verdadeiros herdeiros do trabalho d'A Mãe. Para eles, Sat Prem alcançou alguma espécie de transformação, a única pessoa no mundo a ter feito isso. A maioria das pessoas que pensam que estão praticando Yoga Integral estão enganando a si próprios. Os caminhos tradicionais são todos limitados e ultrapassados; o novo caminho é completamente diferente, e somente Sat Prem o compreende ou está ensinando-o.

Patrizia-itas

Similar ao grupo Sat Prem em sua insistência de que somente uma pessoa viva, neste caso Patrizia, compreende e está praticando o verdadeiro Yoga. Neste caso, o foco é no Matrimandir, numerologia, astrologia e cosmologia, e naturalmente, na própria Patrizia. Este grupo é também veemente em sua insistência de que aqueles que não acreditam nisto, possivelmente não estão praticando o Yoga Integral.

Yogis Ocasionais

Aqueles que se aproximam do Yoga Integral como um hobby ou interesse, algo a ser refletido de vez em quando. Eles tomam um livro uma vez ou outra, ou meditam caso não estejam muito cansados. Esse grupo acredita, como o fazem a maioria dos outros, que o Yoga Integral é mais verdadeiro que os outros caminhos, mas eles não estão muito dispostos a fazer muita coisa em relação a isso.

Integralistas Ecléticos

Este grupo sente uma forte afinidade com o Yoga Integral, mas está ativamente buscando algo em outros caminhos, talvez em um esforço para harmonizá-los ou criar uma síntese. Eles tendem a ser interessados em outros movimentos "new age", tal como culto ao corpo ou astrologia. Eles freqüentemente sentem que o Yoga Integral é a verdade mais alta, mas não é completa, e necessitam envolver-se com descobertas e idéias modernas.

Transformacionalistas Celulares

Sentem que o yoga passou por uma completa revolução, e que nós estamos em uma idade da transformação celular. Velhos caminhos e práticas podem ou não ter mais relevância; o que está realmente acontecendo, ao menos para aqueles na linha de frente, é a transformação do corpo físico, das células. Aqui existe um certa interseção com os Satprem-itas e os Adoradores da Mãe, que compartilham esta crença.

Comunitarianos Distribuídos

Esse grupo é tanto muito similar quanto muito dissimilar aos Ashram-itas. Eles estão conectados à Internet, e estão embebidos de algo dessa ética de fluxo de informação aberto e de absoluta igualdade de autoridade. A noção de um mestre é menos importante; antes, eles vêem cada pessoa como contribuindo com alguma sabedoria e insight especial. Sua noção de fluxo de influência espiritual é algo como aquele da computação distribuída, onde a autoridade e o conhecimento não estão centralizados, mas distribuídos em torno do globo.

Início | A CASA | Cursos | Publicações | Yoga Integral | Biblioteca

CASA Sri Aurobindo © 2003-2012
casa_sri_aurobindo@yahoo.com.br